Introdução ao Distrito Criativo de Porto Alegre

português – español

cropped-capablog22.png

Esta página é uma breve  apresentação do Distrito Criativo de Porto Alegre, o Distrito C, seu conceito, objetivos e algumas de suas linhas de ação.
Para obter mais detalhes, visite nosso web site.

O que é o Distrito C?

É um projeto colaborativo desenvolvido por UrbsNova Porto Alegre – Barcelona, uma agência de design social e inovação, que tem um método botton up, isto é, que parte da própria realidade social existente, sem propor grandes mudanças físicas.

Quem são os participantes do Distrito C?

Em geral são artistas e empreendedores de Economia Criativa, do Conhecimento e da Experiência, pequenos e médios, em sua grande maioria, em um território que no passado era parte de una pujante zona industrial, agora um pouco esquecida e em parte decadente na cidade de Porto Alegre, muito semelhante ao bairro Poblenou, em Barcelona.

distritoCfoto
Foto coletiva na Galeria Bolsa de Arte (março 2014)
0001
Participantes na inauguração de um novo hotel no Distrito Criativo, o Íbis Styles, que é também participante (2015)
Encontro do participantes do Distrito C que organizaram o DIA C 2018 (12 de março de 2018)
Encontro do participantes do Distrito C que organizaram o DIA C 2018 (12 de março de 2018)

Quais são os setores econômicos que podem participar?

São três os setores que fazem parte do Distrito C. A Economia Criativa, que inclui principalmente artes visuais, literárias e cênicas. Além disso, design, arquitetura, moda, publicidade, outros serviços criativos, etc.
A Economia do Conhecimento, que inclui escolas, cursos de arte, produtoras de conteúdo, jornais, revistas, etc.
A Economia da Experiência, que inclui gastronomia (bares, cafeterias, restaurantes) e turismo (hostais e hotéis).

Quem são e onde estão os participantes?

Atualmente são 100 participantes, todos convidados diretamente, concentrados em uma área de aproximadamente 250 ha, perto do Centro Histórico de Porto Alegre. O Distrito C inclui os bairros Floresta e São Geraldo, no 4º Distrito, e áreas adjacentes dos bairros Moinhos de Vento e Independência.
G Map do Distrito C.
Lista completa dos participantes.

Mapa geral

Como são os participantes? São de diferentes tipos, podem ser artistas que vivem e trabalham no território, como o casal de artistas Barbara Benz e Moacir Chotguis (foto abaixo).

Barbara Benz (artista do papel)

Podem ser ateliers de artistas, como o Studio Insonia, de Victor Nievas (foto abaixo).

x20140906_115430

Ou o atelier do artista visual André Venzon (foto abaixo).

andre-venzon6

Podem ser locais comerciais, abertos ao público, como a Galeria Bolsa de Arte (foto abaixo).

Distrito Criativo na Bolsa de Arte

Podem ser locais de gastronomia, como a Padaria Dalmás, com suas belas fotos de Porto Alegre, do principio do século XX (foto abaixo).

20140704_122650

Ou o restaurante Famiglia Facin, nos subterrâneos de uma antiga fábrica de cerveja (foto abaixo).

Índice2

E finalmente podem ser espaços multifuncionais, em geral colaborativos e inovadores, como por exemplo:
CC100: Dois prédios antigos recuperados, onde se alugam escritórios para empreendimentos de economia criativa, como designers, fotógrafos, etc. (foto abaixo).

sala_multiespaço

Studio Q: duas casas, com moda, coworking, galeria de arte, cursos de cinema, fotografia, têxteis, etc. (foto abaixo).

20150822_171140

Vila Flores: dois antigos prédios de um importante arquiteto alemão, do principio do século XX, que estão ocupados por artistas, brechó, tecnologia, escola para crianças, teatro, escritório de arquitetura, etc. (foto abaixo).

Pátio do Vila Flores

Marquise 51: um hub criativo, de artistas e empreendedores, trabalhando com  conhecimento, inovação e cultura como negocio (foto abaixo).

marquise51-horizontal

Quais são os objetivos do projeto?

1. Divulgar e apoiar economicamente os participantes.

2. Valorizar e defender o patrimônio histórico, a memória e o patrimônio ambiental no território do Distrito Criativo, nos bairros Floresta, São Geraldo, Independência e Moinhos de Vento,  e no antigo 4º Distrito da cidade.

16504973
Vila Flores
Rua_Gonçalo_de_Carvalho
R. Gonçalo de Carvalho

Que tipo de ações desenvolve o Distrito C?

  1. Realizamos pesquisa sobre a história da região, sua memória e a arquitetura residencial e industrial.
Fotos Zeppelin 1934 © J.P. Herrmann
Foto do atual Vila Flores, em 1934, quando passou o Graf Zeppelin, por Porto Alegre, a caminho de Buenos Aires.

2. Realizamos eventos em espaços públicos, como o Piano Livre, ou visitas aos participantes, como o Passeio das Artes no Distrito Criativo, que recebeu o prêmio estadual de inovação em turismo, em 2014.

20141116_160228

Foto_HelenaEndo_Studio Insonia

Além disso, apoiamos muitos eventos que os próprios participantes desenvolvem, especialmente nas ruas e praças.

20150802_183657

DIA C –  O grande dia do Distrito C

No dia 17 de março de 2018 realizamos o primeiro DIA C.
Foram 25 locais do Distrito C, onde 37 participantes realizaram 47 atividades culturais e gastronômicas diferentes. Somadas foram mais de 240 horas de atividades em um único dia.

Programação do DIA C

Mapa dos participantes do Distrito C que desenvolveram atividades no DIA C:

MAPA DO DIA C NO DISTRITO CRIATIVO
CLIQUE PARA AMPLIAR

        

Como encontro o Distrito C no Facebook?

Fanpage: facebook.com/distritocriativopoa
Agenda Semanal: facebook.com/groups/agendadistritocriativopoa

Para mais detalhes e links para todos os eventos realizados e linhasde ação desenvolvidas, visite o Distrito Criativo de Porto Alegre.

exposicao2013março
Obra: Maria Tomaseli (2013)

Jorge Piqué
Fundador de UrbsNova
logomicro

https://www.facebook.com/jorge.pique
jorgepique@gmail.com

Bio completa

Anúncios
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close